Bicicletários Imaginários: Abril 2013

domingo, 28 de abril de 2013

Para curtir a sombra...

...de uma bela árvore, nos tempos livres... Este bicicletário imaginário é tri!!! ;)


Fica na Praça da Encol, no Bairro Bela Vista.

***Muito cuidado com a escolha do galho para não danificar a árvore!!!***


Saiba um pouco mais sobre a...

PRAÇA DA ENCOL

A Praça Carlos Simão Arnt, localizada no Bairro Bela Vista (Avenida Nilópolis), ficou conhecida como Praça da Encol por ter sido adotada pela empresa durante um período. Atualmente, a praça está adotada pelo Hospital Mãe de Deus.

O local teve uma área de 2000 metros quadrados reintegrada em setembro de 2000, após processo judicial que deu sentença favorável à Prefeitura. Na área da praça há bancos, prancha para abdominal, lixeiras, duas mesas de dama, iluminação e área com grama.

É também utilizada para a realização de festas e concertos ao ar livre.

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Para observar as estrelas...

...os planetas e tudo mais!!! Mais um achado!!! Não somente por ter bicicletários imaginários, mas por ser uma ótima opção de edificação de conhecimento sobre astronomia!!! Bem perto de nós!!! ;) 
 
 
...Poesia, música e ficção mesclam-se às atividades do nosso Planetário e a entrada é somente 1kg de alimento não perecível!!! Fica na Avenida Ipiranga, 2000, Bairro Santana. ;) 
 
 
 
Saiba um pouco mais sobre o...
 
 
Até o início dos anos 70, poucos lugares no mundo possuíam planetários. Munique, Paris, Londres, Roma, Chicago, Osaka, Buenos Aires, São Paulo eram algumas cidades em que os aparelhos Zeiss haviam sido instalados. Universidades e escolas navais adotaram o equipamento devido aos recursos didáticos na demonstração dos movimentos dos astros, e o grande público começava a tomar contato mais direto com a ciência da astronomia nos centros culturais que se criavam em função dos planetários.
 
Doado pelo ministério da Educação e Cultura, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul recebeu nessa época o projetor Spacemaster da Zeiss, fabricado na então Alemanha Oriental. Para sua instalação em Porto Alegre, Universidade e Prefeitura Municipal promoveram uma ação conjunta. O projeto arquitetônico, manutenção do equipamento e pessoal docente, técnico e administrativo ficaram a cargo da UFRGS. A construção do prédio coube à Prefeitura, que dava andamento a um conjunto de melhorias à cidade. Decidiu-se que o prédio seria levantado numa área da Universidade, próxima ao recente campus médico, descentralizando e criando um novo centro científico e turístico em Porto Alegre.
 
No início de 1971 passa a ser construído o planetário de Porto Alegre. O projeto arquitetônico, realizado na divisão de obras da UFRGS, é de Fernando Gonzales com a colaboração de Walter Bered.
 
No dia 20 de outubro de 1972, pouco tempo antes da inauguração, os astronautas americanos James Lovell, tripulante da Apolo 13, e Donald Slayton, diretor de tripulação de vôo da NASA, visitam as instalações já concluídas.
 
Em novembro de 1972 era inaugurado o Planetário Professor José Baptista Pereira, no encerramento da XIII Semana de Porto Alegre. O prédio, instalado na esquina da Avenida Ipiranga com a Rua Ramiro Barcelos, sugeria uma nave espacial pousada no solo, rodeada por jardins, espelho d'água, relógio de Sol e rosa dos ventos. Sob o olhar dos convidados, o Spacemaster fazia a primeira exibição ao público. Na cúpula de 12 metros de diâmetro, os planetas e oito mil estrelas eram projetados, mostrando o céu de qualquer parte do mundo, tanto do passado como do futuro.
 
O nome escolhido para o Planetário é uma homenagem ao professor de engenharia da UFRGS, professor José Baptista Pereira, pelo seu trabalho em prol da astronomia no Rio Grande do Sul.
 
Atuando como órgão de complementação de ensino e divulgação da astronomia, durante todos esses anos o Planetário vem oferecendo programas científicos e culturais à comunidade universitária do Rio Grande do Sul. Mais de 100 programas foram produzidos por sua equipe.
 
Séries especiais, apresentações ao vivo e produção de programas radiofônicos juntaram-se à programação geral, que já atingiu mais de um milhão de pessoas.
 
 

segunda-feira, 15 de abril de 2013

E, voltando para casa...

...encontro um bicicletário!!! Sim, o Bife Hamburgueria tem!!! Fica na Rua Miguel Tostes, 371 - Bairro Rio Branco!!!


Ainda não experimentei os seus hamburgueres, mas com certeza vale a pena!!! Nitidamente o local tem um clima acolhedor... Uma hora destas, prestigiarei!!! ;)


quarta-feira, 10 de abril de 2013

Tijolos vazados...

...azuis, na Avenida Felix da Cunha.


Os desenhos, as cores e as formas diversas, sempre chamam a minha atenção...


...E este lindo muro serve, tranquilamente, como um bicicletário imaginário! ;)

quarta-feira, 3 de abril de 2013

Muros de cara nova...

...do Colégio Santa Inês, Bairro Petrópolis.


Sempre admirei o trabalho dos Educadores e Educandos realizado todo o ano nos muros deste Colégio...


Cheguei mais perto e me apaixonei não somente pelas pinturas nos muros, mas também pela pintura realizada "ao acaso" que coloriu o chão. ;)


Quem passar pela Rua Felizardo Furtado conferirá o resultado deste lindo projeto, que neste ano teve como tema a cidade de Porto Alegre.