Bicicletários Imaginários: Dezembro 2015

quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Um pulinho ali no Uruguay...

...Um maravilhoso pedal entre amigos, em outubro passado.

[Foto: Raquel Ramos]

Buenas. Iniciei a viagem assim: mal montei a Ísis e já a estacionei em local proibido, na Aduana, na fronteira do Uruguay.


A nossa primeira parada foi em La Coronilla, onde almoçamos, passeamos e compramos mantimentos para os outros dias.



Percebi que as casas e veículos são bastante simples, mas todos os animais que vi, são muito bem tratados. Muitos cachorrões e cavalos gordos pelas ruas. As pessoas são saudáveis e muito simpáticas. Uma cultura com outros valores... [para refletir...]




 A praia estava deserta, pois estávamos em dias ainda frios, mas apreciamos bastante a beleza do lugar.



Chegamos em nosso pouso, na Fortaleza de Santa Teresa.




Me estabeleci, com um grupo, na Playa Las Achiras [8km da faixa], em cabanas bem aconchegantes. Imagino que este lugar deva ser ainda mais mágico no verão... O dia terminou e nos reunimos em uma das cabanas para jantarmos e festejarmos juntos, sem fotos de bicicletários... heheheheh.




Na manhã seguinte, tomamos um maravilhoso café, aguardamos a chuva passar um pouco e fomos visitar o Invernáculo da Fortaleza de Santa Teresa. Lá as plantas são muito bem tratadas, pois toca o dia inteiro músicas clássicas!!! No momento desta foto, estava tocando Vivaldi!!!


[Não posso deixar de citar que éramos brindados com a companhia de "lindos, leves e soltos" alces, enquanto percorríamos as estradas da Fortaleza!!! Cena muito inusitada para mim. Não esperava!]


   
Seguimos a estrada depois da Fortaleza e chegamos em Punta El Diablo. Almoçamos por lá e visitamos toda a cidade pedalando na chuva. No final do dia, retornamos para as nossas Achiras. Depois de um belo banho, uma conversa bacana na volta da lareira, rolou outra noite festiva, [também sem fotos de bicicletários]!!! Na manhã seguinte, passamos no Chuy para fazer umas compras e almoçar. Na sequência, retornamos para Porto Alegre - RS.



Embora não tenha fotografado bicicletários reais, eles existem por toda parte, pois a população usa bastante as bicicletas como meio de transporte e em sua maioria são antigas. Vale ressaltar que é muito tranquilo pedalar no Uruguay, pois há um respeito muito grande dos motoristas aos ciclistas. Acredito até que é muito além dos meios de transporte: as pessoas respeitam as pessoas. Simples assim.

 [Foto: Gilson Wingist -Fotógrafo da página Porto Alegre de Bike]

...E, "para variar", fiquei com aquela forte vontade de retornar com mais tempo e ver tudo com mais calma. Enfim, a viagem foi muito bacana!!! Percorremos pedalando uns 90km [não pedalamos muito, pois estava chovendo].





Resumidamente: 1 feriadão + 1 ônibus + 29 Amigos [gente bonita e querida] + bicicletas + cabanas + animação + muita boa vontade + muito amor = AMO MUITO TUDO ISSO!!! Só tenho que agradecer!!! GRATIDÃO aos AMIGOS!!! GRATIDÃO à VIDA!!! GRATIDÃO ao UNIVERSO!!! ^_^ <3 <3 <3


 [Foto: Gilson Wingist -Fotógrafo da página Porto Alegre de Bike]

 

sábado, 12 de dezembro de 2015

Esqueci de dizer...

...que o bicicletário do Shopping Bourbon Country tinha mudado de lugar!!! Antes ficava do lado da Avenida João Wallig, agora fica do outro lado, na Rua Thadeu Onar, Porto Alegre-RS.


 Essa rede de supermercados [Zaffari-Bourbon] padronizou os seus bicicletários. 


No início eu os achei exagerados, pois são feitos de tubos largos e que não tem como prender com qualquer cadeado. Por exemplo, o meu U-Lock, de segredo, não possui envergadura para abraçar o tubo do bicicletário, por isso que sempre carrego uma corrente junto.


Bom, no final, aprendi a gostar deles, pois, além de bicicletário, também os uso para sentar: me acomodo para fotografar, acessar a internet e publicar no instagram. ^_^